27 11 2017O Conselho Estadual de Cultura (CEC) de Santa Catarina realizou, no dia 24 de novembro, a cerimônia de entrega da comenda do Mérito Cultural Cruz e Sousa pela contribuição para o enriquecimento ou defesa da cultura e do patrimônio histórico e artístico de Santa Catarina. O evento aconteceu no Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis.

A conselheira do Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC), Bia Mattar, foi uma das oito personalidades agraciadas. O processo de escolha dos homenageados aconteceu entre os dias 15 de setembro e 30 de outubro. A sociedade foi convidada a participar, por meio de uma plataforma eletrônica, enviando sugestões de nomes a serem homenageados com a medalha. Neste ano, foram registradas 220 participações, que resultaram em 78 nomes apreciados pelos conselheiros. Outro dado, foi a participação de 42 municípios de Santa Catarina e de outros estados.

Neste ano foram homenageados: Alzemi Machado (patrimônio), Anna Lindner (patrimônio), Bia Mattar (dança), Edla Van Steen (letras), Ilka Boaventura (antropologia), Roselaine Vinhas (gestão) e Zenirma Martins (patrimônio). A entidade escolhida para ser condecorada neste ano foi o Grupo de Teatro Cirquinho do Revirado.

Bia Mattar é bailarina, professora e coreógrafa. Diretora de Interação Cultural da FCBC. Curadora artística e jurada convidada de diversos festivais e mostras de dança do país. Atuou como membro do Conselho Estadual de Cultura durante oito anos. Dirigiu o CIC – Centro Integrado de Cultura de 2004 a 2007. Atualmente, é Membro do Conselho Nacional de Política Cultural do Ministério da Cultura.

Conselho Nacional de Politica Cultural
Ministério da Cultura

 

Você precisa se cadastrar para participar